Construção poderá voltar a crescer em 2018 com aumento da confiança e dos investimentos no setor

O ano de 2017 não foi tão positivo para a construção civil, como se esperava inicialmente. O PIB da construção deve fechar 2017 com queda estimada pela Fundação Getúlio Vargas de 6,4%. Muitos projetos ficaram no papel, lançamentos foram adiados e distratos ocorreram, ainda como reflexo da crise que atingiu o país em 2015/16, porém há boas perspectivas para 2018, com maior confiança por parte dos investidores e retomada de obras que ficaram paradas durante o período mais turbulento.

Para 2018 a FGV estima crescimento de 2% para o setor, caso o cenário político evolua positivamente e os agentes financeiros fiquem mais seguros para facilitar o acesso ao crédito imobiliário. Os investidores privados, que também são fundamentais para essa retomada, também precisam voltar a ter a confiança para retomar os investimentos na área. Com essa soma de fatores, a tendência é que 2018 seja um excelente ano para todos.

CONGESA

CONGESA

O trabalho da Congesa é pautado respeitando seu slogan de que “confiança se constrói”. Assim, a empresa atua de forma a oferecer o melhor a seus clientes, com projetos diferenciados, localização privilegiada, condições especiais de pagamento, parcerias com fortes instituições financeiras, qualidade nos materiais e na mão-de-obra e pontualidade na entrega.

VÍDEO INSTITUCIONAL CONGESA

ACOMPANHE A CONGESA

LANÇAMENTOS CONGESA